Sobre

O desafio: melhores competências, melhores empregos, melhores vidas

As competências são a nova moeda corrente. As competências são elementos fundamentais da capacidade dos países e das pessoas crescerem num mundo cada vez mais interconectado e em que a mudança é cada vez mais rápida. A digitalização, a globalização, as mudanças demográficas e climáticas estão a transformar os contextos laborais e sociais, assim como a gerar uma procura crescente por competências cognitivas não-rotineiras de alto nível e por novos tipos de competências.
Esta profunda convulsão tem gerado receios acerca da capacidade das populações em adaptar-se rapidamente e acerca dos riscos de alguns grupos serem deixados para trás. Estas ameaças apenas podem ser convertidas em oportunidades de bem-estar e coesão social para todos se os países adotarem uma abordagem inclusiva e biográfica ao desenvolvimento de competências. As pessoas têm que ter condições para renovar e alargar as suas competências ao longo das suas vidas, de forma a ajustarem-se às rápidas mudanças e aproveitarem novas oportunidades, tanto no mercado de trabalho como na sua vida quotidiana.
Garantir que a transformação digital conduz a melhores empregos e melhores vidas depende de um leque alargado de políticas, começando desde logo pelas políticas de educação e formação. Sistemas de competências têm que ser redesenhados, de forma a equipar as pessoas com uma combinação de competências que lhes serão requeridas ao longo da vida, à medida que a digitalização tem vindo a transformar o modo como as pessoas trabalham, comunicam e interagem entre si, assim como a própria natureza das economias. Os governos precisam de compreender a natureza destas mudanças e como implementar as políticas adequadas para garantir que a digitalização promove um crescimento sustentável e inclusivo, conferindo às pessoas capacidade para vingar num ambiente em rápida mutação.

Objetivo

A Skills Summit 2018 irá reunir ministros com responsabilidades em áreas relativas às competências, incluindo educação, ensino superior, formação profissional, emprego, ciência e inovação, desenvolvimento económico e política digital. A conferência irá proporcionar uma discussão aberta acerca de como os países estão a trabalhar para garantir aos cidadãos as competências necessárias para participar plena e efetivamente num mundo digital, e o que os governos estão a fazer para redesenhar as políticas e instituições para se tornarem mais sensíveis aos desafios e oportunidades de um mundo digital.
Os ministros terão a oportunidade de partilhar o que estão atualmente a fazer e quais os seus planos para o futuro, no âmbito de iniciativas que abranjam diferentes áreas governativas para assegurar às pessoas as competências para ter sucesso num mundo digital.

Participação

O Primeiro-Ministro e o Ministro da Educação portugueses, assim como o Secretário-Geral da OCDE, convidam os Ministros dos estados-membros, países em processo de adesão e parceiros estratégicos da OCDE. Cada ministro poderá ser acompanhado por um assessor, na condição de observador.

Formato

Cada sessão iniciar-se-á com uma apresentação de enquadramento da OCDE, no sentido de providenciar informação-chave sobre competências e digitalização. Seguem-se períodos de discussão entre ministros, em plenário, moderadas por Gavin Dykes. Será aplicada a regra de Chatham House para garantir uma comunicação franca e aberta. As principais conclusões das discussões serão publicadas na forma de Chair´s Summary..

Onde e Quando

Porto, Portugal, 28-29 junho 2018.






Programa

Hora
Sessão
12:00 - 20:00

Acolhimento e inscrição dos participantes no Hotel Porto Palácio

18:30 - 20:00

Cocktail de receção

Oferecido pelo Presidente da Câmara Municipal do Porto

Abertura e boas-vindas aos participantes

Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto
Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação de Portugal
Angel Gurría, Secretário-Geral da OCDE

Momento musical

Conservatório de Música do Porto
Hora
Sessão

08:00 - 08:45

Acolhimento e inscrição dos participantes no Centro de Congressos do Hotel Porto Palácio

09:00 - 09:30

Sessão inaugural (Sessão Pública)

Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação de Portugal
Angel Gurría, Secretário-Geral da OCDE / Gabriela Ramos, chefe de gabinete OCDE, Sherpa do G20 e Conselheira Especial do Secretário-Geral
Manuela Geleng, Diretora em substituição da Diretoria dos Assuntos Sociais da DG Emprego – Comissão Europeia
09:35 - 10:00

Competências digitais em prática

Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima
Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques - Guimarães
10:05 - 10:25

Pausa Café/ Ponto de imprensa

10:30 - 12:00

SESSÃO 1: DIAGNÓSTICO – Riscos e oportunidades de um mundo digital: o campo dinâmico das necessidades de competências

Presidência: Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia de Portugal

Objetivo:

Construir um entendimento comum sobre o modo como a revolução digital está a transformar as economias e sociedades, como as competências que as pessoas precisam na sua vida quotidiana e nos locais de trabalho estão a mudar, e que sectores da população têm maior risco de serem deixados para trás.

Apresentação da OCDE:

Gabriela Ramos, Chefe de Gabinete da OCDE, Sherpa do G 20 e Conselheira Especial do Secretário-Geral da OCDE: Crescimento inclusiva na era digital.
Andy Wyckoff, Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da OCDE: Garantir o crescimento, a produtividade e o bem-estar em face da transformação digital.

Questões para discussão:

  • Qual o impacto mais importante da digitalização no seu país? Existem grandes diferenças entre sectores ou regiões? Em que medida as atuais competências da população dão resposta à procura emergente?

  • Que competências precisam as pessoas para serem resilientes numa economia em mudança, para se envolverem ativamente nos processos democráticos e serem consumidores críticos dos meios de comunicação social?

  • Que papel devem ter os sistemas educativos e de formação, bem como as políticas de competências, no sentido de aproveitar as oportunidades da digitalização e de responder aos desafios, nomeadamente aqueles que se apresentam aos grupos mais vulneráveis? Que papéis devem desempenhar o sector público e o sector privado para responder a estes desafios?

12:05 - 13:05

Almoço

13:10 - 13:25

Fotografia de grupo

13:30 - 15:00

SESSÃO 2: DESIGN – Repensar as políticas educativas e de aprendizagem ao longo da vida

Presidência: Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal

Objetivo:

Discutir como as políticas educativas e de competências devem ser redesenhadas para tirar o maior proveito possível da transformação digital; discutir de que modo a digitalização está a criar a necessidade de adotar uma perspetiva de aprendizagem ao longo da vida para o desenvolvimento de competências.


Apresentação da OCDE:

Andreas Schleicher, Diretor de Educação e Competências da OCDE: Formas de aprendizagem no século XXI.


Questões para discussão:

  • Que políticas está o seu país a implementar para alcançar o equilíbrio adequado entre, por um lado, um sistema formal e inicial de educação e formação formal, e, por outro lado, um sistema de aprendizagem integral e ao longo da vida, no qual se reconhece que as pessoas aprendem em todas as idades e nos mais variados contextos?

  • Que políticas podem ajudar as pessoas a estarem equipadas com as “competências do século XXI”, incluindo as digitais?

  • Quais são os principais obstáculos à implementação de sistemas de aprendizagem ao longo da vida, integrais e flexíveis para todos, e que soluções tem o seu governo desenvolvido para lhes dar resposta?

  • De que forma o seu governo tem promovido o uso de tecnologias digitais para tornar a aprendizagem mais flexível e mais adaptada às novas necessidades?

15:05 - 15:15

Pausa

15:20 - 16:50

SESSÃO 3: IMPLEMENTAÇÃO – Rumo a melhores políticas de competências para o mundo de amanhã

Presidência: José António Vieira da Silva, Ministro do Trabalho, da Solidariedade e Segurança Social de Portugal

Objetivo:

Discutir sobre os principais desafios à implementação de políticas educativas e de competências suscitados pela transformação digital, identificar temas controversos e como podem ser resolvidos, e construir acordos em torno de ações específicas.


Apresentação da OCDE:

Stefano Scarpetta, Diretor de Emprego, Trabalho e Assuntos Sociais da OCDE: Reforçar a governança na recolha e uso da informação sobre as necessidades de competências.

Montserrat Gomendio, Diretora Adjunta da OCDE para Educação e Competências e Diretora do Centro de Competências: Uma abordagem integrada aos temas das competências: o Centre for Skills da OCDE.


Questões para discussão:

  • A aprendizagem integrada e ao longo da vida requer uma nova abordagem ao financiamento da Educação e das competências, incluindo repensar quanto deve ser investido em cada modalidade, ganhos e perdas, e quem deve investir?

  • O que estão os governos e os parceiros sociais a fazer para reforçar a aprendizagem ao longo da vida e remover os obstáculos à formação, especialmente no acesso universal a competências básicas por parte das populações em situação desfavorecida e grupos minoritários?

  • Como podem os governos desenvolver um pacote de políticas, incluindo o desenvolvimento de competências, aprendizagem ao longo da vida, apoio ao desenvolvimento dos trabalhadores e proteção social?

  • Que tipo de sistemas de governança são mais adequados para envolver todos os atores chave, internos e externos ao governo, no sentido de construir soluções para questões complexas e delicadas, como o reconhecimento das competências desenvolvidas informalmente ao longo da vida?

16:55 - 17:10

Pausa Café

17:15 - 18:00

Sessão de Encerramento

Presidência: Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação de Portugal
  • Última ronda de comentários
  • Declarações finais
18:05 - 18:30

Encerramento (Sessão Pública)

Angel Gurría, Secretário-Geral da OCDE
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal
19:00

Partida em autocarro para a Receção e Jantar oficial

19:30 - 22:30

Receção e Jantar oficial

Oferecido pelo Governo Português

Cockail

Momento musical - Conservatório de Música de Coimbra

Jantar oficial

Momento musical

Cristina Branco
22:30

Transfer para o Porto Palácio Hotel








António Costa

Primeiro-Ministro de Portugal

“Apenas com cidadãos verdadeiramente qualificados poderemos alcançar a indispensável estratégia de longo prazo: um país - e um mundo - nos quais a coesão social e o próspero crescimento económico estão assegurados.”

Tiago Brandão Rodrigues

Ministro da Educação de Portugal

“Construir e estar no mundo digital, de forma apropriada, exige-nos verdadeiramente a capacidade de hoje prever e antecipar as necessidades ainda por conhecer do futuro. É essa a razão pela qual estamos comprometidos urgentemente a fazê-lo juntos.”

Angel Gurría

Secretário-Geral da OCDE

"A Skills Summit 2018 será um marco importante na nossa demanda coletiva para garantir que as competências e a transformação digital conduzem a melhores empregos e a vidas melhores."




Videos

Apresentação
Skills Summit’18 Porto
 
Sessão de abertura – Vídeo de Boas-vindas
Skills Summit’18 Porto
 
Mensagem de Boas-vindas
Tiago Brandão Rodrigues
Ministro da Educação de Portugal

 

Entrevista Rápida
Andreas Schleicher
Diretor de Educação e Competências da OCDE
 
Entrevista Rápida
Anna Ekstrom
Ministra da Educação de Adultos e Formação da Suécia
Entrevista Rápida
Rustem Bigari
Vice-Ministro da Educação e da Ciência do Cazaquistão

 

Entrevista Rápida
Allan Hawkins
Ministro da Educação Avançada, Competências e Trabalho do Canadá
Entrevista Rápida
Hilde Crevits
Vice-Ministra-Presidente do Governo da Flandres & Ministra da Educação Flamenga
Entrevista Rápida
Tiago Brandão Rodrigues
Ministro da Educação de Portugal
 

 


Galeria


Créditos fotográficos: Miguel Nogueira


Informação

P&R - SKILLS SUMMIT 2018
Perguntas e Respostas

Consulte aqui informação sobre a organização da Skills Summit 2018, que se realiza no Porto, Portugal, nos dias 28 e 29 de junho de 2018.
As P&R serão atualizadas periodicamente.

PARTICIPAÇÃO:

Contacte, por favor, o Secretariado da OCDE para esclarecimentos.

R. As inscrições tardias serão possíveis, mas sem garantia de alojamento no local da conferência. Contacte, por favor, o Secretariado da OCDE para esclarecimentos.

ORDEM DE TRABALHOS E CONTEÚDO:

R. Sim. Nos termos da regra da Chatham House, quaisquer comentários feitos durante a reunião não podem ser atribuídos a países ou a oradores específicos.

LOGÍSTICA:

R. As restrições alimentares podem e devem ser assinaladas no âmbito do registo no site da Skills Summit 2018.

R. As reuniões bilaterais devem ser organizadas pelas delegações entre si. Estará disponível uma sala de reuniões, no Centro de Conferências do Hotel, que pode ser reservada pelas delegações - com antecedência - através do email: skillssummit2018@medu.gov.pt

R. Todos os planos de viagem devem ser assegurados pelas delegações, a expensas próprias.

R. Será organizado um serviço de boas-vindas aos participantes, que chegam ao aeroporto do Porto, com base nas informações de voo fornecidas aquando do registo no site da Skills Summit 2018.

R. O alojamento no local da reunião está reservado para os participantes, que se registem no site da Skill Summit 2018, até 30 de abril.






Apoios

Escolas


Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques (Guimarães)

Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima

Agrupamento de Escolas de Vialonga (Vila Franca de Xira)

Conservatório de Música de Coimbra

Conservatório de Música do Porto

Escola Artística de Soares dos Reis (Porto)



Logótipo da Skills Summit 2018 criado por aluna da Escola Artística de Soares dos Reis



No âmbito da organização da Skills Summit 2018, o Ministro da Educação lançou o desafio aos alunos da Escola Artística de Soares dos Reis para criação do logótipo da conferência que se realiza no Porto, nos dias 28 e 29 junho. A imagem identifica o sítio oficial da conferência e será parte integrante de todos os materiais da mesma.


“Com base nos objetivos definidos para a Skills Summit 2018, desenvolvi o meu logótipo explorando o conceito de ideias, representado pela forma da lâmpada, e pelo desenho de interligações de pontos, que simbolizam uma rede de competências digitais e que permitirão a inovação e o desenvolvimento humanos, no mundo digital.” Tatiana Maia, 17 anos, Curso de Design de Comunicação da Escola Artística de Soares dos Reis, Porto.

A Escola Artística de Soares dos Reis assegura há 133 anos, no Porto, o ensino das Artes. Oferece, atualmente, um conjunto de nove cursos de ensino secundário, no Ensino Artístico Especializado nas áreas das Artes Visuais e dos Audiovisuais, bem como diversos cursos Profissionais nas mesmas áreas. Mais informações em: www.essr.net







Patrocínios






 


 


Contacto



Email: skillssummit2018@medu.gov.pt

Telefone: (+351) 217 811 800


 




Local

O Porto é hoje um dos destinos europeus mais modernos. A cidade é, ao mesmo tempo, contemporânea e cosmopolita e é um ótimo lugar para caminhar, explorar e descobrir. Em cada esquina encontrará exemplos dos mais variados estilos arquitetónicos e apaixonar-se-á por uma cidade onde se respira o charme de outros séculos aliado ao que melhor se faz nos nossos dias. Saiba mais...

Porto Palácio Hotel *****

Congress, Hotel and Spa

Av. Boavista, 1269 / 4100-130 / Porto - Portugal

www.hotelportopalacio.com

Coordenadas:
41.1595069N
8.6387393W